Conecte-se Conosco

WEB RADIO DESTAQUE DO IVAÍ



 

Mundo

Esfaqueamento deixa feridos na London Bridge; principal suspeito foi morto

Publicado

em

Várias pessoas ficaram feridas após um esfaqueamento na London Bridge nesta sexta-feira, 29. Segundo a polícia de Londres, o principal suspeito foi morto no local. A ponte foi isolada.

Ainda não há confirmação sobre os motivos que levaram ao ataque, mas a polícia afirmou estar tratando o incidente como um ato terrorista. Em uma coletiva de imprensa, o comissário assistente da polícia Neil Basu disse que o suspeito estava usando um colete de explosivos falso no momento da agressão.

Segundo Basu, o ataque aconteceu por volta das 14h do horário local (11h em Brasília). O suspeito foi capturado e morto pela polícia no local.

Em um vídeo divulgado nas redes sociais, é possível ver pedestres contento um homem, antes da polícia aparecer e apontar as armas contra ele. O incidente ocorreu no extremo norte da ponte.

O jornal britânico The Guardian relata que há pelo menos cinco feridos. O número de vítimas ainda não foi confirmado oficialmente pelas autoridades.

Imagens distribuídas pelas emissoras de televisão britânicas mostram várias viaturas policiais na ponte e um caminhão parado no meio da pista. Outras imagens que circulam no Twitter mostram muitas pessoas correndo, enquanto pelo menos um tiro é disparado.

Em junho de 2017, uma caminhonete atingiu a multidão na London Bridge, que atravessa o Tâmisa. Três homens esfaquearem pedestres no Borough Market. O balanço foi de oito mortos e cinquenta feridos. Foi um dos ataques reivindicados pelo grupo jihadista do Estado Islâmico (EI) que atingiu o Reino Unido naquele ano.

Em março do mesmo ano, um homem jogou seu veículo contra a multidão na ponte de Westminster antes de esfaquear um policial em frente ao Parlamento, matando um total de cinco pessoas.

Dois meses depois, 22 pessoas – incluindo crianças – foram mortas em um ataque no final de um show da Ariana Grande em Manchester.

No início de novembro, o nível de alerta terrorista no Reino Unido foi diminuído de “sério” para “substancial”. Dessa forma, o risco de um ataque agora deve ser considerado “provável” e não “altamente provável”, conforme havia anunciado o ministro do Interior, Priti Patel.

Continue Lendo
Clique para adicionar um comentário

Responder

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Anúncio

 

 

Instagram

CBX Insta Photos: Possible list of errors

  • Error retrieving data

Follow Me on Instagram

Facebook

Mais lidas

Copyright © 2019 - Grupo EDA **** CNPJ: 35.301.283/0001-96 **** www.grupoeda.com.br ****Contato: 43 9818-7783 ****

RSS
Follow by Email