Conecte-se Conosco

WEB RADIO DESTAQUE DO IVAÍ



 

Cidades

Polícia investiga se empresa de Rolândia recebeu parte do petróleo furtado de dutos do Rio de Janeiro

Publicado

em

Parte do petróleo que foi desviado e furtado de dutos da Petrobras no Rio de Janeiro podem ter sido entregues em uma empresa de Rolândia, no norte do Paraná, segundo a Polícia Civil. Esse é o resultado de uma investigação contra uma quadrilha suspeita de furtar petróleo e derivados no estado carioca.

A empresa paranaense investigada foi alvo da operação, policiais civis e técnicos da Petrobras e da Agência Nacional do Petróleo cumpriram um mandado de busca e apreensão no local.

“No decorrer das investigações constatamos que havia um receptador e que o caminhão com o produto furtado vinha para Rolândia. Em dez meses de investigações, rastreamos onze caminhões que estiveram na cidade. Temos indícios de que o receptador está em Rolândia “, disse a delegada Jocy Lima.

A Polícia Civil apreendeu documentos e coletou amostras de materiais que estavam armazenados em tanques da empresa.

“As amostras serão analisadas e o laudo vai mostrar o DNA do combustível, vai indicar de que duto foi furtado e se ele é o produto furtado no Rio de Janeiro”, pontuou a delegada.

O dono da empresa Walmir Aparecido Marinho foi ouvido em um termo de declaração, o que significa que ele não é investigado nesse momento. À Polícia Civil ele negou qualquer tipo de irregularidade.

“Ela [delegada] me informou que eles acharam que era uma mini refinaria e foi constatado que não é refinaria. Nós compramos e vendemos óleo residual, não vendemos gasolina ou outro tipo de combustível. O transporte desse óleo é feito pelas empresas que compramos o produto”, explicou.

O empresário também disse que não trabalha com distribuição de combustíveis.

“Trabalhamos com óleo residual, que vêm dos porões de navios. Esse óleo a gente compra de empresas estabelecidas em cidades do litoral brasileiro. Também compramos óleo de pneus, de borra de soja e de xisto, que é fabricado pela Petrobrás. São todos produtos alternativos para substituir e produzir energia. Acrescente que tudo o que entra e sai dessa empresa tem nota fiscal, é tudo legalizado”, finalizou o empresário.

Anúncio

 

 

Instagram

CBX Insta Photos: Possible list of errors

  • Error retrieving data

Follow Me on Instagram

Facebook

Mais lidas

Copyright © 2019 - Grupo EDA **** CNPJ: 35.301.283/0001-96 **** www.grupoeda.com.br ****Contato: 43 9818-7783 ****

RSS
Follow by Email