Conecte-se Conosco

WEB RADIO DESTAQUE DO IVAÍ



 

Cidades

Ganhador de R$ 1 milhão do Nota Paraná ainda não sabe que foi sorteado

Publicado

em

O ganhador do prêmio de R$ 1 milhão no primeiro sorteio do Nota Paraná em 2021 ainda não sabe que é milionário, segundo a coordenadora do programa, Marta Gambini.

O sorteio aconteceu na segunda-feira (11), mas até a manhã desta terça-feira (13) o vencedor ainda não tinha acessado o aplicativo. Ele também não informou um telefone atualizado para ser informado sobre o prêmio.

A Secretaria Estadual da Fazenda (Sefa) também tentou contato por e-mail com o vencedor, mas não obteve resposta.

De acordo com a secretaria, o novo milionário tem 19 anos, concorreu com dois cupons e mora na região de Curitiba.

“Já fomos a um endereço cadastrado dele, em Curitiba, mas parece que ele não mora mais lá. Agora vamos tentar encontrá-lo em outro endereço, em Pinhais”, afirmou Marta Gambini.

O jovem vencedor cadastrou quatro compras pelo Nota Paraná e concorreu ao sorteio mensal de R$ 1 milhão com apenas dois cupons.

O programa, além de sortear prêmios mensais, também devolve créditos aos contribuintes que pedem a inclusão do CPF nas notas fiscais.

Cadastro
De acordo com a coordenadora do programa, é fundamental manter o cadastro no programa atualizado. “Nem todo mundo tem o hábito de checar mensalmente o resultado dos sorteios, ou olhar sempre os créditos que recebe, por isso é importante ter endereço e telefone atualizados”, disse.

A atualização do endereço, no entanto, não pode ser feita pelo aplicativo de celular, e só pode ser realizada na página do Nota Paraná na internet.

É preciso acessar a aba “Meu Perfil” e clicar em “Atualizar Endereço”.

Créditos não resgatados
Segundo a coordenadora do programa, desde que o Nota Paraná foi lançado, nenhum vencedor de um prêmio milionário deixou de retirar o dinheiro.

No entanto, apenas em créditos de compras que não foram sacados, cerca de R$ 689 milhões não foram resgatados pelos contribuintes, e foram devolvidos para o estado.

Os créditos ficam disponíveis para saque por um ano.

“Este valor que volta para ser investido nos serviços públicos”, disse Marta Gambini.

Mais lidas

Copyright © 2019 - Grupo EDA **** CNPJ: 35.301.283/0001-96 **** www.grupoeda.com.br ****Contato: 43 9818-7783 ****

RSS
Follow by Email