Conecte-se Conosco

WEB RADIO DESTAQUE DO IVAÍ



 

Eleições 2020

Acompanhe a apuração do segundo turno pelo Brasil

Publicado

em


Veja lista de prefeitos eleitos no 2º turno das eleições 2020:

  1. Anápolis (GO): Roberto Naves (PP)
  2. Aracaju (SE): Edvaldo Nogueira (PDT)
  3. Bauru (SP): Suéllen Rosim (Patriota)
  4. Belém (PA): Edmilson Rodrigues (PSOL)
  5. Blumenau (SC): Mário Hildebrandt (Podemos)
  6. Boa Vista (RR): Arthur Henrique (MDB)
  7. Campinas (SP): Dário Saadi (Republicanos)
  8. Campos dos Goytacazes (RJ): Wladimir Garotinho (PSD) – sub judice
  9. Canoas (RS): Jairo Jorge (PSD)
  10. Cariacica (ES): Euclerio Sampaio (DEM)
  11. Caucaia (CE): Vitor Valim (PROS)
  12. Caxias do Sul (RS): Adiló (PSDB)
  13. Contagem (MG): Marília Campos (PT)
  14. Cuiabá (MT): Emanuel Pinheiro, (MDB)
  15. Diadema (SP): Filippi Júnior (PT)
  16. Feira de Santana (BA): Colbert Martins (MDB)
  17. Fortaleza (CE): Sarto Nogueira (PDT)
  18. Guarulhos (SP): Guti (PSD)
  19. Goiânia (GO): Maguito Vilela (MD)
  20. Governador Valadares (MG): André Merlo (PSDB)
  21. João Pessoa (PB): Cicero Lucena (Progressistas)
  22. Joinville (SC): Adriano Silva (Novo)
  23. Juiz de Fora (MG): Margarida Salomão (PT)
  24. Limeira (SP): Mario Botion (PSD)
  25. Maceió (AL): JHC (PSB)
  26. Manaus (AM): David Almeida (Avante)
  27. Mauá (SP): Marcelo Oliveira (PT)
  28. Mogi das Cruzes (SP): Caio Cunha (Podemos)
  29. Paulista (PE): Yves Ribeiro (MDB)
  30. Pelotas (RS): Paula Mascarenhas (PSDB)
  31. Petrópolis (RJ): Rubens Bomtempo (PSB) – sub judice
  32. Piracicaba (SP): Luciano Almeida (DEM)
  33. Ponta Grossa (PR): Professora Elizabeth (PSD)
  34. Porto Alegre (RS): Sebastião Melo (MDB)
  35. Porto Velho (RO): Hildon Chaves (PSDB)
  36. Praia Grande (SP): Raquel Chini (PSDB)
  37. Recife (PE): João Campos (PSB)
  38. Ribeirão Preto (SP): Duarte Nogueira (PSDB)
  39. Rio de Janeiro (RJ): Eduardo Paes (DEM)
  40. Santa Maria (RS): Jorge Pozzobom (PSDB)
  41. Santarém (PA): Nélio Aguiar (DEM)
  42. São Gonçalo (RJ): Capitão Nelson (Avante)
  43. São Luís (MA): Eduardo Braide (Podemos)
  44. São João de Meriti (RJ): Dr João (DEM)
  45. São Paulo (SP): Bruno Covas (PSDB)
  46. São Vicente (SP): Kayo Amado (Podemos)
  47. Serra (ES): Sergio Vidigal (PDT)
  48. Sorocaba (SP): Rodrigo Manga (Republicanos)
  49. Taboão da Serra (SP): Aprigio (Podemos)
  50. Taubaté (SP): Saud (MDB)
  51. Teresina (PI): Dr. Pessoa (MDB)
  52. Uberaba (MG): Elisa Araújo (Solidariedade)
  53. Vila Velha (ES): Arnaldinho Borgo (Podemos)
  54. Vitória (ES): Delegado Pazolini (Republicanos)
  55. Vitória da Conquista (BA): Herzem Gusmão (MDB)
  56. Franca (SP) EM APURAÇÃO
  57. Rio Branco (AC) EM APURAÇÃO


Dário Saadi (Republicanos) foi eleito neste domingo (29) prefeito de Campinas (SP) para os próximos quatro anos. Até 19h, ele tinha 57,07% dos votos válidos, o equivalente a 221.813 votos, sendo considerado matematicamente eleito pela Justiça com 99,91% das urnas apuradas. O vice será Wanderley de Almeida, o Wandão (PSB).

O candidato derrotou Rafa Zimbaldi (PL), que ficou em segundo lugar e somava 42,93% dos válidos, o que equivale a 166.852 votos.


Emanuel Pinheiro foi reeleito prefeito em Cuiabá, neste domingo (29), pelos próximos quatro anos. O candidato teve 135.662 votos votos, o equivalente a 51,17% dos votos válidos.

A eleição foi confirmada por volta de 18h, com 99,10% das urnas apuradas, quando o candidato foi declarado matematicamente eleito.


JHC, do PSB, foi eleito em 2º turno prefeito de Maceió neste domingo (29). Com 100% das urnas apuradas, o deputado federal teve 222.147 votos, o que corresponde a 58,64% dos votos válidos, contra 156.704 de Alfredo Gaspar de Mendonça (MDB), 41,36%.

O vice-prefeito eleito é Ronaldo Lessa (MDB), ex-prefeito de Maceió e ex-governador de Alagoas.


Arthur Henrique, do MDB, venceu o 2º turno e foi eleito neste domingo (29) prefeito de Boa Vista para os próximos quatro anos. Com 87,82% das urnas apuradas, Arthur teve 102.924 votos, equivalente a 85,42% do total.

O candidato eleito derrotou Ottaci, que ficou em segundo lugar com 17.571 votos, equivalente a 14,58% do total. A diferença entre os dois concorrentes foi de 85.353 votos. A contagem foi atualizada às 18h20 no site do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).


O empresário e ex-promotor Hildon Chaves, do PSDB, foi reeleito prefeito de Porto Velho na noite deste domingo (29) em votação do segundo turno. O vice eleito é Maurício Carvalho, do mesmo partido. O resultado foi confirmado com 95,25% das urnas apuradas às 17h41.

Até 17h59, o tucano tinha 106.873 votos, o que corresponde a 54,51% dos votos válidos, contra 45,49% de Cristiane Lopes (PP), que obteve 89.182 votos. Esta foi a terceira eleição municipal consecutiva em que houve segundo turno.

Bruno Covas (PSDB) foi reeleito neste domingo (29) prefeito de São Paulo com 59,45% dos votos válidos, derrotando o candidato Guilherme Boulos (PSOL). Ele toma posse em 1º de janeiro de 2021, e terá como vice o vereador Ricardo Nunes (MDB).

O resultado saiu às 18h59 com 93% das urnas apuradas. Boulos teve 40,55% dos votos válidos.

O tucano foi reeleito com amplo leque de alianças políticas, formando coligação que engloba onze partidos (PSDB, MDB, PP, Podemos, PSC, PL, Cidadania, DEM, PTC, PV e PROS). O acordo garantiu o maior tempo de propaganda de TV no primeiro turno, mas não elegeu vereadores suficientes para formar maioria na Câmara Municipal (foram 25 das 55 cadeiras).

De acordo com dados parciais do Tribunal Regional Eleitoral (TRE), Covas foi reeleito com a campanha mais cara da capital: R$ 19,4 milhões até agora, quase seis vezes mais do que seu adversário no segundo turno, Boulos, que gastou R$ 3,4 milhões. Os candidatos podem prestar contas até dia 15 de dezembro.

A disputa do segundo turno foi acirrada. Embora o atual prefeito tenha liderado as pesquisas de intenção de voto desde o início, a diferença para o candidato do PSOL caiu na reta final. O crescimento de Boulos, no entanto, não foi suficiente para reverter o resultado nas urnas. O psolista telefonou para parabenizar Covas antes mesmo do encerramento da apuração.

A pandemia do coronavírus influenciou a campanha, já que devido ao adiamento do calendário eleitoral os candidatos tiveram um período mais curto entre o primeiro e o segundo turno, de apenas quatorze dias. Ambos fizeram atividades online, entrevistas, encontros e atividades de rua – onde foram observadas aglomerações. No anúncio da vitória, os tucanos se aglomeraram em um ambiente fechado na sede do diretório municipal do PSDB, na Rua Estados Unidos, nos Jardins.

Bruno Covas após votar em São Paulo — Foto: Aloisio Mauricio/Fotoarena/Estadão Conteúdo

João Campos, do PSB, foi eleito, neste domingo (29), prefeito do Recife para os próximos quatro anos. Aos 27 anos, ele é o mais jovem a se eleger prefeito na cidade. Com 96,09% das urnas apuradas, João Campos tinha 56,21% dos votos (428.922 votos) contra 43,79%, ou 334.140 votos, de Marília Arraes (PT).


Sebastião Melo, do MDB, foi eleito prefeito de Porto Alegre pelos próximos quatro anos. O candidato teve 361.878 votos, o equivalente a 54,58% dos votos válidos.

O resultado foi confirmado por volta das 18h50, quando o candidato foi declarado matematicamente eleito após 97,79% das urnas serem apuradas.

Já Manuela D´Ávila, do PCdoB, obteve 301.146 votos, ou 45,42% dos votos válidos. Em um pronunciamento, após o resultado, ela desejou sorte ao prefeito eleito.


Maguito Vilela, do MDB, foi eleito neste domingo (29) prefeito de Goiânia para o mandato de 2021 a 2024. Internado em tratamento contra o coronavírus há mais de 1 mês, o candidato derrotou Vanderlan Cardoso, do PSD.

O político foi ao segundo turno e foi eleito sem saber dos resultados das urnas por estar sedado e na UTI de um hospital de São Paulo.

Maguito Vilela tem 71 anos, é casado com Flávia Teles, tem ensino superior completo e declara ao TSE a ocupação de advogado. Ele tem um patrimônio declarado de R$ 2.736.162,10.

O vice é Rogério Oliveira da Cruz, do Republicanos, que é vereador em Goiânia e tem 54 anos.

Os dois fazem parte da coligação Pra Goiânia Seguir em Frente, formada pelos partidos PMB/PTC/Patriota/MDB/Republicanos/PC do B.


Eduardo Paes (DEM) foi eleito neste domingo (29) prefeito do Rio de Janeiro. Será o terceiro mandato do bacharel em direito de 51 anos, que já governou a cidade entre 2009 e 2017.

Com 87,96% das urnas apuradas, às 18h45, Paes somava 1.435.893 votos, ou 64,41% dos válidos, derrotando o atual prefeito, Marcelo Crivella (Republicanos), que tinha 793.512 votos (35,59%).

O vice-prefeito eleito é Nilton Caldeira, um dos fundadores do Partido Liberal (PL).


Professora Elizabeth, do PSD, foi eleita prefeita de Ponta Grossa, nos Campos Gerais do Paraná, no segundo turno. O resultado saiu às 18h01, com 99,51% das urnas apuradas.

Professora Elizabeth é a primeira mulher eleita prefeita na história da cidade. Ela venceu Mabel Canto, do PSC.

Com 100% das urnas apuradas, Professora Elizabeth teve 87.932 votos, ou 52,38% dos votos válidos. Mabel Canto somou 79.929 votos, ou 47,62% dos votos válidos.

Por volta das 18h30, Professora Elizabeth falou com a imprensa ao sair de casa para se dirigir ao Fórum Eleitoral da Ponta Grossa.

“Uma vitória só acontece com muita fé, muita oração, e muito trabalho. Isso é o resultado do comprometimento, de experiência, de demonstrar que a seriedade é o que vai acontecer. Tinha certeza que a vitória seria nossa, tinha certeza que seria a primeira prefeita de Ponta Grossa”, afirmou.


Edmilson Rodrigues, do PSOL, foi eleito neste domingo (29) prefeito de Belém. Ele derrotou nas urnas Delegado Federal Eguchi, do Patriota, com quem disputou o segundo turno das eleições. O resultado foi confirmado com 98,56% das urnas apuradas, às 17h40.


Edvaldo Nogueira (PDT) foi reeleito neste domingo (29) como prefeito de Aracaju para os próximos quatro anos. Com 100% das urnas apuradas, Edvaldo obteve 150.823 votos, o que corresponde a 57,86% dos votos válidos. O outro candidato do 2º turno, Delegada Danielle (Cidadania) obteve 109.864 votos (42,14%).


Eduardo Braide, do Podemos, foi eleito prefeito de São Luís neste domingo (29), no segundo turno. O resultado saiu às 18h22, com 95,56% das urnas apuradas. Braide tinha 55,87% dos votos válidos, totalizando 260.886.


Dr. Pessoa, MDB, foi eleito neste domingo (29) prefeito de Teresina para os próximos anos. Com 88% das urnas apuradas, ele teve 207.160 votos, o que corresponde a 62,27% dos votos válidos. Será o primeiro mandato de Pessoa no comando do poder executivo municipal. Robert Rios, PSB, é o vice-prefeito da chapa.

Anúncio

 

 

Instagram

CBX Insta Photos: Possible list of errors

  • Error retrieving data

Follow Me on Instagram

Facebook

Mais lidas

Copyright © 2019 - Grupo EDA **** CNPJ: 35.301.283/0001-96 **** www.grupoeda.com.br ****Contato: 43 9818-7783 ****

RSS
Follow by Email