Conecte-se Conosco

WEB RADIO DESTAQUE DO IVAÍ



 

Economia

Produção industrial do Paraná cresce 7,7% em setembro com maior resultado entre 15 regiões pesquisadas pelo IBGE

Publicado

em

A produção industrial do Paraná registrou crescimento de 7,7% no mês de setembro, de acordo com dados divulgados, nesta terça-feira (10), pelo Instituto Brasileiro de Geografia Estatística (IBGE).

O resultado aponta que, em comparação com agosto, houve aumento pelo quinto mês consecutivo e a indústria do estado teve o maior resultado entre as 15 regiões pesquisadas.

A taxa nacional em setembro foi de 2,6%. De acordo com o IBGE, depois do Paraná, os estados com maiores resultados no mês foram o Amazonas (5,8%), São Paulo (5,0%), Espírito Santo (5,0%), Rio Grande do Sul (4,5%), Santa Catarina (4,5%) e Bahia (4,0%).

Mesmo com o avanço por cinco meses, a produção da indústria paranaense ainda apresenta queda de 7,2% no acumulado entre janeiro e setembro.

Na comparação com o mês de setembro do ano passado, houve crescimento de 3,2%, segundo o levantamento.

Setores com maior crescimento (acumulado do ano), no Paraná, segundo a Federação das Indústrias do Paraná (Fiep):

  • Produtos alimentícios: 9,4%;
  • Coque, produtos derivados do petróleo e biocombustíveis: 5,3%;
  • Produtos de metal – exclusive máquinas e equipamentos: 5,1%;
  • Máquinas, aparelhos e materiais elétricos: 3,7%;
  • Móveis: 1,8%;

Setores que tiveram maiores quedas (acumulado do ano):

  • Veículos Automotores, Reboques e Carrocerias: -40,4%;
  • Máquinas e Equipamentos: -32,4%;
  • Madeira: -6,1%.
  • Produção industrial do Paraná cresce 7,7% em setembro com maior resultado entre 15 regiões pesquisadas pelo IBGE — Foto: Reprodução/RPC
  • Produção industrial do Paraná cresce 7,7% em setembro com maior resultado entre 15 regiões pesquisadas pelo IBGE — Foto: Reprodução/RPC

Retomada
A indústria de transformação é considerada “termômetro” da economia do estado, já que produz para outras indústrias.

Quando ela apresenta resultados positivos, significa que o setor industrial, de maneira geral, está aumentando a produção para atender a demanda dos consumidores e, com isso, gerando mais empregos.

O presidente da Fiep, Carlos Valter Martins Pedro, comentou que dados oficiais apresentam recuperação do saldo de empregos na indústria do estado, e o índice de faturamento também é positivo, em relação aos meses anteriores.

“Esses números nos animam a investir, a trabalhar mais, e ter uma expectativa muito positiva para 2021”, comentou.
No Paraná, os dados recentes do crescimento apresentam destaque para o setor de fabricação de máquinas, aparelhos e materiais elétricos, além das indústrias de fabricação de produtos de metal.

De acordo com o economista Murilo Schmitt, o crescimento deste setor demonstra melhoria na retomada dos setores ligados ao consumo final.

“É o fornecimento que é feito, por exemplo, pela indústria automobilística que está começando também a recuperar”, disse.

Anúncio

 

 

Instagram

CBX Insta Photos: Possible list of errors

  • Error retrieving data

Follow Me on Instagram

Facebook

Mais lidas

Copyright © 2019 - Grupo EDA **** CNPJ: 35.301.283/0001-96 **** www.grupoeda.com.br ****Contato: 43 9818-7783 ****

RSS
Follow by Email