Conecte-se Conosco

WEB RADIO DESTAQUE DO IVAÍ



 

Economia

PIB do Paraná cresce 2,3% no primeiro trimestre de 2020

Publicado

em

O Produto Interno Bruto (PIB) do Paraná teve crescimento de 2,3% no primeiro trimestre de 2020, na comparação com igual período do ano passado, de acordo com o Instituto Paranaense de Desenvolvimento Econômico e Social (Ipardes), da Secretaria de Estado do Planejamento e Projetos Estruturantes.

O resultado positivo registrado antes da pandemia do novo coronavírus foi divulgado nesta quarta-feira (22). O PIB representa a soma dos valores dos bens e serviços finais produzidos em determinado período e serve para medir a evolução da economia.

Segundo o governo, o resultado positivo foi obtido principalmente pelo desempenho da agropecuária, que registrou aumento de 14,96%, puxado pela safra de grãos de verão. No trimestre, o PIB do Paraná somou R$ 128,92 bilhões.

“Os números demonstram que o Paraná estava em uma fase de crescimento, que foi freada pela pandemia. Vamos concentrar esforços agora para recuperar o ritmo”, afirma o governador Ratinho Junior (PSD).
O PIB brasileiro apresentou retração de 0,3% no primeiro trimestre de 2020. A queda foi mais acentuada no comparativo com o trimestre anterior, chegando a 1,5%. Nesse recorte, o PIB do Paraná teve alta de 1,28%, informou o governo.

O secretário do Planejamento, Valdemar Bernardo Jorge, disse que o governo avança na elaboração de um plano para estimular a retomada econômica.

“Estamos trabalhando em um plano de retomada e novamente vamos contar com a força do agronegócio e de cada cidadão que aqui vive e trabalha”, afirma.

Setores
Além do desempenho do agronegócio, que é responsável por cerca de um terço do PIB paranaense, os impostos líquidos de subsídios também apresentaram resultado positivo de 0,61% no período. O segmento de serviços teve redução de 0,09%.

A indústria, que engloba os segmentos de transformação, construção civil e serviços industriais de utilidade pública (como energia elétrica e água), registrou retração de 0,42%, afetada pela diminuição dos reservatórios e a menor produção de energia elétrica.

“O desempenho do primeiro trimestre mostra que, se fosse mantido o mesmo ritmo de crescimento, o Paraná tinha grande possibilidade de fechar 2020 com um dos melhores resultados dos últimos anos, o que foi afastado pela crise sanitária vigente”, disse o presidente do Ipardes, Carlos Gomes Pessoa.

No resultado acumulado dos últimos quatro trimestres, o PIB do Paraná cresceu 0,64%, com aumento de 8,67% na agropecuária e 1,12% nos impostos líquidos de subsídios, enquanto a indústria registrou redução de 0,61% e, os serviços, de 0,2%.

Continue Lendo
Clique para adicionar um comentário

Responder

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais lidas

Copyright © 2019 - Grupo EDA **** CNPJ: 35.301.283/0001-96 **** www.grupoeda.com.br ****Contato: 43 9818-7783 ****

RSS
Follow by Email