Conecte-se Conosco

WEB RADIO DESTAQUE DO IVAÍ



 

Entretenimento

Diretor Del Rangel morre aos 65 anos

Publicado

em

Del Rangel, diretor de TV, morreu aos 65 anos na noite de quinta-feira (16). Com passagens por diversas emissoras – como Globo, SBT, Record e Band –, ele trabalhava na TV Cultura, em São Paulo, desde 2019, quando estabeleceu reformulações nos programas Roda Viva e Provocações. A emissora confirma o falecimento.

Nascido no Ceará em 1955, Del se mudou ainda jovem para São Paulo e conquistou oportunidades profissionais nos bastidores do meio artístico. Casado com a atriz Regina Duarte entre 1983 e 1995, ele a dirigiu o seriado Joana, realizado por uma produtora independente e exibido pelo SBT e pela extinta TV Manchete, em 1984. Com ela, também fez o seriado Retrato de Mulher (Globo, 1993).

Famosos lamentam a morte do diretor Del Rangel
Del passou a integrar o time de diretores de dramaturgia da TV Globo na década de 1980, trabalhando em tramas como Cambalacho (1986), O Outro (1987) e Bebê a Bordo (1987). Nos anos 1990, se transferiu para o SBT, quando dirigiu Éramos Seis (1994), As Pupilas do Senhor Reitor (1994), Sangue do meu Sangue (1995) e Razão de Viver (1996).

Na emissora de Silvio Santos, teve ainda outras duas passagens. Em 2006, trabalhou com Herval Rossano em Cristal. Voltou ao SBT no fim de 2008 com a missão de assumir o núcleo de teledramaturgia do canal, ficando responsável pela direção geral de Vende-se um véu de noiva (2009), Uma Rosa com Amor (2010) e Corações Feridos (2012).

Marcelo Tas, atual apresentador do Provocações — que teve o nome alterado para #Provoca –, lamentou em seu Twitter. “Arrasado com a notícia da morte de Del Rangel, diretor de programação da TV Cultura. Figura sensível e talentosa, grande estimulador de novas ideias. Meu carinho à família e amigos”, escreveu.

Larissa Manoela também usou a web para lamentar a morte de Del, com quem trabalhou em duas novelas. “Difícil saber que você foi embora, Del! Um grande diretor. Que prazer ter sido dirigida por você na minha primeira novela, Corações Feridos, e logo depois Carrossel. Você me ensinou tanto, me dizia sempre palavras tão belas! Te guardo em um lugar muito especial do meu coração. Poucas são as fotos, mas os momentos presentes com você jamais sairão da minha memória. Descanse em paz. Meus mais sinceros sentimentos a toda família.”

Além da TV, Del também trabalhou no teatro. Em 1999, por exemplo, ele dirigiu a comédia Harmonia em Negro, de Aldo Nicolaj, estrelada por Ana Paula Arósio e Cássio Scapin. Com Ana Paula, trabalhou ainda na minissérie Os Maias (Globo, 2001).

Del Rangel costumava incentivar seu elenco deixando recados motivacionais nos roteiros. “Não é o sucesso que traz o entusiasmo, é o entusiasmo que traz o sucesso”, era uma das mensagens deixadas ao elenco de Uma rosa com amor, adaptada pelo escritor Tiago Santiago, no SBT.

TALENTOS REVELADOS
Ao longo de sua trajetória profissionais, Del Rangel se especializou em garimpar novos nomes na TV e a alavancar carreiras. O diretor foi o responsável por escalar Rosanne Mulholland para o papel de professora Helena em Carrossel (SBT, 2012). Embora a direção da novela tenha ficado a cargo de Reynaldo Boury, foi Del Rangel quem estava à frente da seleção do elenco do sucesso infantil, que contou com nomes como Larissa Manoela e Jean Paulo Campos.

O ator Renato Góes também estreou na televisão após o olhar apurado de Del Rangel. Durante a coletiva da novela Água na Boca (Band, 2008), o diretor pediu a atenção dos jornalistas: “Gosto de poder contar com novos talentos e o Renato Góes é um deles. Esse menino veio de Pernambuco e, daqui a alguns anos, vai estar brilhando”.

Mais lidas

Copyright © 2019 - Grupo EDA **** CNPJ: 35.301.283/0001-96 **** www.grupoeda.com.br ****Contato: 43 9818-7783 ****

RSS
Follow by Email