Conecte-se Conosco

WEB RADIO DESTAQUE DO IVAÍ



 

Cidades

Apucarana – Professor é indiciado por assédio sexual contra alunas

Publicado

em

Um professor, de 39 anos, foi indiciado nesta quarta-feira (15) por assédio sexual contra alunas dentro de uma escola da rede estadual.

De acordo com a Polícia Civil, 11 vítimas foram até a delegacia e contaram sobre os crimes, ocorridos entre 2012 e 2019.

Na época em que aconteceram os assédios, as meninas tinham entre 16 e 17 anos.

Segundo a polícia, o professor indiciado não possui antecedentes criminais e negou todas as acusações. Caso ele seja condenado, poderá receber pena de até 16 anos de prisão pelos crimes.

Exposed

Conforme a Polícia Civil, as alunas relataram os assédios nas redes sociais usando uma mesma palavra para denunciar: exposed, que significa exposto, exposta. Um movimento mundial, que tem encorajado alunas a revelarem casos de abuso.

“Tivemos relatos do mais variados, desde uma cantada até efetivamente levar uma aluna para o motel”, contou a delegada Sandra Nepomuceno, em entrevista ao Fantástico.
Uma das vítimas, que preferiu não ser identificada, contou ao Fantástico que foi assediada em 2014 pelo professor.

“Eu tinha ido para o colégio com uma camiseta da banda Ramones, ele passou do meu lado, leu a escrita e passou a mão no meu seio, apertou e falou: ‘mamones’. Como se fosse a coisa mais natural do mundo, dentro de sala, com todos os alunos lá”, disse ela.

A aluna afirmou ainda que na época não relatou a situação ao colégio por medo de ser prejudicada ou “motivo de chacota”.

“Querendo ou não ele era uma autoridade, ele era meu professor. No último ano eu era bolsista, então eu tinha bastante medo de perder isso”.

Mais lidas

Copyright © 2019 - Grupo EDA **** CNPJ: 35.301.283/0001-96 **** www.grupoeda.com.br ****Contato: 43 9818-7783 ****

RSS
Follow by Email