Conecte-se Conosco

WEB RADIO DESTAQUE DO IVAÍ



 

Cidades

Operação do Gaeco mira PMs suspeitos de desviar mercadorias apreendidas e cobrar dinheiro para liberar ‘muambeiros’

Publicado

em

O Grupo de Atuação Especial e Combate ao Crime Organizado (Gaeco), do Ministério Público do Paraná (MP-PR), deflagrou uma operação nesta terça-feira (10) com mandados de prisão contra policiais militares suspeitos de desviar mercadorias apreendidas e de cobrar dinheiro para liberar “muambeiros”.

Segundo o Gaeco, foram expedidos 13 mandados de prisão, sendo 10 contra policiais e outros três contra outras pessoas que atuavam como operador financeiro, receptador e informante do grupo investigado.

Na manhã desta terça-feira, a operação também busca cumprir 26 mandados de busca e apreensão. São 20 buscas em Santa Terezinha de Itaipu, incluindo a sede do Destacamento da PM, quatro em Foz do Iguaçu, uma em Cascavel e um mandado a ser cumprido em São Miguel do Iguaçu.

De acordo com o MP-PR, o grupo é suspeito pelos crimes de peculato, corrupção passiva, falsidade ideológica, prevaricação e lavagem de dinheiro.

De acordo com as investigações, os policiais cobravam dinheiro de pessoas para liberar a passagem de pessoas com produtos sem pagar impostos devidos e desviavam parte das apreensões realizadas. Os produtos apreendidos ilegalmente seriam colocados

O grupo vendia mercadorias apreendidas, usando pessoas próximas ou familiares. O dinheiro da venda era dividido entre os integrantes do esquema.

Mais lidas

Copyright © 2019 - Grupo EDA **** CNPJ: 35.301.283/0001-96 **** www.grupoeda.com.br ****Contato: 43 9818-7783 ****

RSS
Follow by Email